Mudar a cara de um ambiente não precisa ser uma tarefa difícil. Se a ideia é atribuir ao ambiente uma estética mais elegante e luxuosa, a dica é investir no revestimento marmorizado, que há muito tempo é tendência nos projetos de decoração e arquitetura como peça essencial para entregar sofisticação aos imóveis.

O mármore é uma peça que dá um ar clean na decoração de qualquer ambiente, porém por ser um item com custo alto, além de difícil aplicação em paredes – afinal é uma pedra – o mercado de construção civil e acabamento desenvolveu revestimento marmorizado que dá o mesmo efeito da pedra de mármore. Com um custo bem mais acessível e de fácil aplicação.

O diferencial do revestimento marmorizado é o efeito brilhoso que ele dá aos ambientes, simulando com maestria o efeito que uma pedra de mármore causaria, agregando requinte  ao imóvel, bem como a sensação de limpeza. 

Além disso, é uma opção de decoração bem versátil que pode ser utilizada em praticamente todo tipo de ambiente: salas de recepção, escritórios, sala de estar, quartos, banheiros e até áreas externas como pátios e garagens. Por isso, neste texto, vamos conhecer mais sobre os tipos de revestimento marmorizado, quais as vantagens dessa opção e como utilizar no imóvel.

Tipos de revestimento marmorizado

Existem no mercado muitas possibilidades em cores e aplicações de revestimento marmorizado prontos ou para serem desenvolvidos, de acordo com a necessidade do cliente. Atualmente, temos dois modelos comuns de revestimento marmorizado que são aplicados: em porcelanato e em tinta. 

Revestimento marmorizado em porcelanato

Esta é uma opção durável e resistente para aplicação em parede, piso e até em teto. Ele dá ao ambiente, além da sofisticação já mencionada, uma sensação de amplitude do espaço, ainda mais quando são utilizados opções com cores mais claras.

A vantagem do porcelanato marmorizado em comparação ao próprio mármore, além do custo, é que o porcelanato é muito mais prático. Indo desde a aplicação até a manutenção. Além disso, o mármore com o tempo fica com a superfície porosa e com algumas ranhuras, perdendo o brilho e comprometendo a estética do ambiente. O porcelanato, por sua vez, não risca com facilidade nem fica poroso, mantendo o efeito estético por mais tempo.

A decoração com este tipo de revestimento no piso, por exemplo, pode ser combinada com móveis mais rústicos. Isso vai ajudar a estabelecer um contraste harmônico que vai destacar tanto o piso quanto os móveis. Assim como utilizar móveis igualmente sofisticados criando um ambiente com ar mais neutro. Isso vai poder ser trabalhado com os pontos de luz para exaltar determinados móveis ou espaços dentro do ambiente.

A título de ilustração, o revestimento marmorizado em porcelanato é comumente visto em consultórios e clínicas, pois o uso desse material dá ao ambiente um aspecto de limpeza, pelo brilho que fornece. Uma característica necessária para um estabelecimento que trabalha com a saúde das pessoas. 

Em casa ou apartamento pode ser uma excelente opção para os ambientes de uso comum, receptivos, como salas de estar e jantar. Isso vai ajudar a atribuir a sensação de ambiente mais amplo e luxuoso.

Dica extra para o revestimento marmorizado em porcelanato

Da mesma forma que nos ambientes comerciais, cabe, em casa, combinar o revestimento marmorizado com móveis que possam produzir um contraste interessante. Isso porque vai ajudar a destacar os detalhes do próprio móvel.

A estética do revestimento marmorizado foi associada a ambientes com tons mais clássicos por um bom tempo. Atualmente, no entanto, diante da diversidade de cores e locais de aplicação, encontra-se tal revestimento em estilos contemporâneos, urbanos e minimalistas. 

A aplicação deve ser feita por um profissional, utilizando o material para fixação específico para esse tipo de porcelanato.

Tinta marmorizada

Já o revestimento marmorizado em tinta é ideal para as paredes e superfícies, sendo uma opção menos custosa que o porcelanato marmorizado. Além disso, a vantagem da tinta é que havendo a necessidade de trocar a cor, substituir a tinta é bem mais fácil e prático., do que a peça em porcelanato.

Outra possibilidade de aplicação desse tipo de revestimento é em piso. Isso mesmo! Ele pode ser usado para cobrir pisos, inclusive o próprio porcelanato Isso ajuda a evitar o custo da obra com a retirada e substituição do material anterior, seja na parede ou no chão. Essa tem sido uma alternativa frequente em projetos de reforma de ambientes.

Esse tipo de revestimento marmorizado pode ser encontrado no mercado na versão tinta esmalte. A cor fica a critério do cliente e do efeito que se quer alcançar no ambiente decorado. Dessa forma, a tinta marmorizada na parede pode ser combinada com o porcelanato marmorizado no piso. Isso vai ajudar a dar um efeito maior no tamanho do espaço e a elegância já mencionada, com o aspecto de brilho exuberante causado pelos dois revestimentos.

Também chamado de marmorato, o revestimento em tinta dá a impressão de que uma grande pedra de mármore foi instalada na sua parede. Isso porque diferente do porcelanato, que apresenta as divisões entre uma placa e outra, a tinta é uma aplicação contínua. Assim, ajuda a reproduzir com fidelidade os veios e nuances que a pedra de mármore tem.

A aplicação dessa tinta exige a contratação de um profissional que saiba preparar a superfície para recebê-la. Assim como trabalhar com movimentos que garantam o efeito das linhas e veios de um mármore. A técnica usa ainda verniz, cotonete e tecidos de malha para alcançar o efeito mármore esperado.

Dica extra

Além de ser fácil de limpar também, o revestimento em tinta é bastante resistente e pode ser aplicado em ambientes externos que sofram ação de chuva e sol. Assim, a durabilidade da tinta também dispensa manutenções e retoques constantes.

Como pudemos conhecer, neste texto, existem paletas diversas ao revestimento marmorizado. Muitas dessas opções garantem o mesmo efeito elegante do brilho do mármore. Além disso, as escolhas podem ser encontradas em porcelanato e em tinta e podem ser aplicados em piso, parede, superfícies e nos diversos ambientes também.

Gostou do texto? Acesse o conteúdo Existe época do ano ideal para investir em novo imóvel?  e descubra quando é a melhor hora de comprar um imóvel e aplicar essa e outras técnicas de decoração nele.