Comprou um imóvel novo e quer deixá-lo perfeito para morar? Esteja ele ainda na planta ou quase pronto, uma boa ideia é caprichar na  iluminação para apartamento. Afinal, quando bem posicionada, ela pode tanto servir para deixar o ambiente mais aconchegante, quanto ajudar a destacar um objeto de decoração. 

Entretanto, para que tudo dê certo é preciso identificar e planejar qual a melhor iluminação para apartamento, ou mesmo casa, e como instalar em cada cômodo da casa, já que uma iluminação para a sala tende a ser completamente diferente para uma área externa, por exemplo. Veja dicas para deixar o seu lar perfeito para viver! 


Detalhes para considerar no projeto de iluminação para apartamento 

Antes de começar a escolher as luminárias e demais itens de iluminação para apartamento, é preciso considerar alguns pontos. Um deles é que é indicado levar em conta o ambiente, pois cada um deles necessitará de uma intensidade de luz. 

Enquanto a sala precisa de luz forte e lâmpadas claras, para que a pessoa possa ver TV ou ler, por exemplo, o quarto pode receber uma iluminação menos intensa. Afinal, nesse ambiente, você vai relaxar, ou seja, ele não precisará estar claro demais. Esse tipo de cuidado é importante para que possa ser evitado o desperdício de energia. 

Outro ponto a ser considerado na hora de fazer o projeto de iluminação para apartamento é a cor das paredes. Caso sejam escuras, precisarão de lâmpadas mais fortes. Para que você lembre-se de cada detalhe que os ambientes requerem, separamos algumas dicas importantes destinadas para os cômodos do seu imóvel. Confira e descubra a iluminação para apartamento que atende às suas necessidades!  

Dicas de iluminação para apartamento

São infinitas as maneiras de fazer uma iluminação para apartamento. Confira algumas dicas e veja o que mais se adéqua ao seu gosto! Você vai encontrar alternativas para banheiro, sala, varanda e até ver se é melhor usar a luz de led amarela ou branca. Confira! 

Iluminação de sala precisa de equilíbrio e alternativas

Quando for projetar a iluminação da sala é preciso considerar que ela tem várias funções. É nela que as visitas são recebidas, que as pessoas podem ler, descansar ou até assistir filmes. Em muitos apartamentos, a sala de jantar fica no mesmo ambiente, o que requer um cuidado ainda maior com a iluminação. Afinal, ela não pode ser cansativa. 

Nesse cômodo, as lâmpadas fluorescentes ou de led com tom amarelado são as mais indicadas. Elas podem ser colocadas no canto da casa, se a intenção for ressaltar a mobília. 

Esse tipo de iluminação é interessante para quando a pessoa quer deixar um clima mais aconchegante. Nesse caso, pode desligar a iluminação superior e deixar apenas as laterais. Outro ponto importante é ter cuidado no direcionamento da iluminação da sala. Tenha cuidado para não deixá-las refletindo na tela da TV, para não incomodar. 

Além disso, é preciso ter um cuidado especial também no local onde fica a mesa de jantar, para que a luz fique agradável. Uma alternativa que pode ser considerada é embutir luminárias no centro do teto. Isso deixa o espaço mais clean e dá amplitude. 

Por fim, nas luzes de teto você  pode usar um dimmer. Esse acessório faz com que seja possível que você instale lâmpadas que permitam regulagem de intensidade e use isso em seu dia a dia. Por exemplo, se quiser deixar para descansar, pode colocar a intensidade mais baixa. Já se for fazer uma boa leitura, aumenta a intensidade e, assim por diante. 

Caso tenha uma varanda gourmet ligada à sala, opte por lâmpadas de led brancas, que dão mais vida ao ambiente, além de deixá-lo mais vivo e alegre. 

Iluminação para a cozinha 

O projeto de iluminação para apartamento também precisa considerar a cozinha. Como costuma ser um ambiente de muita circulação, o ideal é que seja bem clara, em toda a sua extensão. Isso deixa o local mais agradável e ainda facilita na hora de preparar o alimento. Diferentemente do indicado para a sala, na cozinha a luz branca é melhor. Ela permite uma visualização correta da cor do alimento, o que é importante no dia a dia. 

Iluminação dos quartos

Os quartos são usados para relaxar e é preciso deixar o local aconchegante. Por isso, os tons quentes são os mais indicados. Sem contar que a intensidade da luz precisa ser menor. Além disso, é indicado investir em abajures ou luminárias de leitura perto da mesa de estudos ou da cama. 

Banheiros 

Quando se pensa em iluminação para apartamentos, é comum que as pessoas logo imaginam que no banheiro é preciso ter uma luz forte. Entretanto, isso é mais indicado para vestiários, que são muito amplos.

No lar, os tons quentes, como os amarelados, são mais confortáveis. Ao mesmo tempo, perto do espelho para fazer maquiagem é interessante colocar uma iluminação mais forte, que possa ser acesa apenas para essa finalidade. 

Uso de pendentes

Em apartamentos maiores há salas de jantar e, nesses locais, pode ser interessante usar luminárias pendentes. Esse lustre acaba sendo um ponto a mais na decoração e deixa o local da refeição com uma iluminação própria e mais adequada. Além disso, nesse ambiente pode ser interessante colocar a iluminação sobre um aparador. Ela é útil para jantar de serviço americano.

Led inteligente 

Por fim, uma dica de iluminação para apartamento que vem sendo muito usada é ter um projeto luminotécnico inteligente. Isso pode ser feito, com mais facilidades, em apartamentos novos, que já estão preparados para sistemas de automação residencial.

O controle de luz de led inteligente automatizado funciona de forma coordenada. Ela é realizada por meio de sensores sensíveis à iluminação ambiente integrado. 

A vantagem de investir em automatização na iluminação para apartamento é que o morador não precisa se preocupar com o desperdício. Isso, sem contar que pode ter facilidades como a de acender as luzes com palmas ou pelo celular de onde estiver ou mudar a intensidade da iluminação de acordo com a sua necessidade.

Em suma, são muitos os pontos a serem considerados na hora de planejar a iluminação para apartamentos. Quando o projeto é bem feito, além de dar mais conforto ao morador e facilitar o dia a dia, ele valoriza o imóvel. 

Além da iluminação, é importante investir em automação residencial. Veja como funciona